Não é sobre política: é sobre meu risco de morrer por ser gay

Deixo, por fim, um recado que pode vir a ser póstumo: se eu for assassinado em um crime de ódio com um homofóbico declarado no Governo e você depositou seu voto pra ele, não venha no meu velório, não chore minha morte, não lamente pelo crime. Suas mãos estarão tão sujas de sangue quanto as dele, e minha memória, que viverá pra sempre, deixará marcado que cada facada, pancada ou tiro que terei recebido, terá a sua participação em essência

Fonte: Não é sobre política: é sobre meu risco de morrer por ser gay

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s