Gay, pai solo conquista direito à licença-maternidade; entenda

Arquivo pessoal
Gay, pai solo conquista direito à licença-maternidade; entenda
O médico Wagner Scudeler, 40, chorou na primeira vez em que carregou seu filho, Arthur. Era um domingo de abril, um dia em que concluía parte de uma jornada de cinco anos para finalmente se tornar pai. Mesmo com a bem-vinda e aguardada paternidade, a outra parte desta história foi composta na Justiça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s