Contardo Calligaris e Eva Maria Migliavacca falam de felicidade e psicanálise

Contardo Calligaris e Eva Maria Migliavacca falam de felicidade e psicanálise

Evento faz parte de projeto que tem como base a obra ‘O Mal-estar na Civilização’, de Sigmund Freud,

O quinto encontro da série Mal-Estar na Civilização terá como debatedores os psicanalistas Contardo Calligaris, colunista da Folha, e Eva Maria Migliavacca, que falarão sobre felicidade sob a ótica da psicanálise.

O evento faz parte do projeto promovido pela Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo, com apoio da Livraria da Vila, que tem como base a obra “O Mal-estar na Civilização”, de Sigmund Freud, publicada no Brasil pela Cia. das Letras.

Leia mais em: https://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2019/08/contardo-calligaris-e-eva-maria-migliavacca-falam-de-felicidade-e-psicanalise.shtml

Anúncios

Em conferência, especialista francês aborda o papel da psicanálise na escuta de imigrantes

O psicanalista e psicólogo clínico Christophe Olivier Douville

Em conferência, especialista francês aborda o papel da psicanálise na escuta de imigrantes

Convidado do Programa Cátedras, Christophe Olivier Douville também participará de seminários com grupo de estudo da UFMG

No próximo dia 19, a partir das 18h30, o psicanalista francês Christophe Olivier Douville ministrará a conferência Metamorfose do estrangeiro na clínica: psicanálise e antropologia. A atividade é aberta ao público e gratuita mediante inscrições que podem ser feitas por meio de formulário eletrônico. A conferência, em francês e com tradução simultânea, será realizada no auditório 1 da Face.

Leia mais em: https://ufmg.br/comunicacao/noticias/programa-catedras-recebe-o-psicanalista-christophe-olivier-douville

Curso de Formação em Psicanálise

De R$ 1.000,00 por apenas R$ 500,00 ou 4x de 125,00 no boleto, ou você pode pagar via cartão pelo PagSeguro em mais parcelas.

Acesse: https://institutouniverse.com.br/course/curso-de-formacao-em-psicanalise/

 

Quem foi Alberto Bachelet, militar chileno criticado por Bolsonaro que foi morto pela ditadura Pinochet

Michelle e o pai, Alberto, em passeio — Foto: Arquivo pessoal

Quem foi Alberto Bachelet, militar chileno criticado por Bolsonaro que foi morto pela ditadura Pinochet

General de Brigada Aérea se opunha ao governo de Augusto Pinochet e teve infarto em decorrência de torturas sofridas na prisão.

Criticado pelo presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, nesta quarta-feira (4), o general de Brigada Aérea Alberto Bachelet – pai da ex-presidente chilena e atual Alta Comissária da ONU para Direitos Humanos, Michelle Bachelet – foi torturado e morreu na prisão após se opor ao golpe de Estado que levou Augusto Pinochet ao comando do Chile, na década de 1970.

Bolsonaro se referiu ao militar ao rebater uma afirmação de Bachelet em relação ao Brasil. Em entrevista coletiva em Genebra, Bachelet disse que tem havido nos últimos meses no país “uma redução do espaço cívico e democrático, caracterizado por ataques contra defensores dos direitos humanos e restrições ao trabalho da sociedade civil”.

Leia mais em: https://g1.globo.com/mundo/noticia/2019/09/04/quem-foi-alberto-bachelet-militar-chileno-criticado-por-bolsonaro-que-foi-morto-pela-ditadura-pinochet.ghtml

Continuar lendo Quem foi Alberto Bachelet, militar chileno criticado por Bolsonaro que foi morto pela ditadura Pinochet