Doria é processado por professores por censura de material didático

Doria é processado por professores por censura de material didático
Professores e pesquisadores vinculados a universidades públicas do Estado de São Paulo e ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo ingressaram na Justiça com uma ação para anular o ato do governador paulista João Doria Jr, que mandou recolher cartilhas voltadas ao estudantes do 8º ano do ensino fundamental da rede estadual.
Segundo a ação, houve censura do material didático pelo fato de Doria discordar da visão sobre identidade de gênero e diversidade sexual nele contido. Os proponentes pedem que o material seja devolvido aos alunos. As cartilhas já haviam sido entregues e seriam utilizadas durante o 3º bimestre de 2019.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s