“Se Joga”: não consegue ganhar da Record na audiência

Fabiana Karla, Érico Brás e Fernanda Gentil, os apresentadores do "Se Joga" - Reprodução

“Se Joga”: não consegue ganhar da Record na audiência, até agora desde a estreia do “Se Joga”, pelo menos até aqui, não alterou em quase nada a audiência da Globo na Grande São Paulo. Na faixa de confronto, a Record seguiu na liderança com o “Balanço Geral”, agora apresentado por Geraldo Luís, com as presenças sempre marcantes de Fabíola Reipert e Renato Lombardi. A simplicidade de uma contra a tentativa da outra em impor o peso e a importância do seu elenco.

A pergunta é: será este o caminho mais indicado? Antes de se colocar à frente da concorrência no horário, a Globo precisa se preocupar apenas em ter um bom programa no ar, algo que vá ao encontro do telespectador do horário. Simples assim. Treino é treino, jogo é jogo.

Leia mais em: https://tvefamosos.uol.com.br/colunas/flavio-ricco/2019/10/04/se-joga-ganhar-da-record-nao-deve-ser-a-prioridade-da-globo.htm?cmpid=copiaecola Continuar lendo “Se Joga”: não consegue ganhar da Record na audiência

Desgaste entre Guedes e Bolsonaro aumenta após crise com Senado

Desgaste entre Guedes e Bolsonaro aumenta após crise com Senado

Intenção do ministro de enfraquecer proposta do pacto federativo após derrota na Previdência incomodou presidente

A relação entre o presidente Jair Bolsonaro e o ministro Paulo Guedes (Economia), o “posto Ipiranga” do governo, sofreu novo desgaste esta semana após derrota do Palácio do Planalto na votação da reforma da Previdência.

Bolsonaro ficou incomodado depois de ter chegado a ele a informação de que Guedes trabalhava para enfraquecer a proposta do pacto federativo.

De acordo com assessores palacianos, o presidente teve receio de que o episódio soasse como uma ameaça por parte do ministro aos parlamentares, o que poderia fragilizar a relação entre governo e Senado.

Além da reforma da Previdência ainda precisar passar por votação em segundo turno no plenário, a casa legislativa será a responsável por validar a indicação do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para o cargo de embaixador do Brasil em Washington.

Leia mais em: https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2019/10/desgaste-entre-guedes-e-bolsonaro-aumenta.shtml