Matemáticos se destacam em várias áreas no mercado de trabalho

foto30

Os matemáticos se destacam em várias áreas no mercado de trabalho, engana-se quem pensa que a matemática se limita em sala de aula. Pois quem

gosta de números e cálculos, às vezes, não cogita cursar matemática por pensar que as opções de carreira é somente a docência e à pesquisa. No entanto, as possibilidades vão além das salas de aula de escolas e universidades. Matemáticos são procurados por empresas de áreas como mercado financeiro, logística, marketing, tratamento de dados, gestão de informação, pesquisa, tecnologia da informação, química, física, ciências computacionais, gerenciamento ambiental, produção e muitas outras. Continuar lendo Matemáticos se destacam em várias áreas no mercado de trabalho

Justiça autoriza que Lula seja libertado e deixe a PF em Curitiba

Lula acena para militantes no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, antes de se entregar à PF, em 7 de abril de 2018 - Ricardo Stuckert - 7.abr.2018/Instituto Lula

Justiça autoriza que Lula seja libertado e deixe a PF em Curitiba

A Justiça autorizou a saída do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) da prisão. Com a decisão, o petista pode deixar a Superintendência da PF (Polícia Federal) em Curitiba.
A decisão coube ao juiz Danilo Pereira Jr., que substitui Carolina Lebbos, da 12ª Vara
Federal em Curitiba. Lebbos, que está em férias, é a responsável pela execução da pena de Lula.
O roteiro que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) irá cumprir após ser libertado já está traçado e terminará com um ato no Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo, na região metropolitana de São Paulo. No local, ele fez seu último discurso antes da prisão, em 2018. O sindicato também é o berço político do petista.
Lula pediu à Justiça Federal no Paraná para que seja libertado em razão da decisão de ontem do STF (Supremo Tribunal Federal). Ontem, a Corte finalizou o julgamento que proibiu a prisão após condenação em segunda instância, caso do ex-presidente.
O juiz Danilo Pereira Jr., da 12ª Vara Federal de Curitiba, já expediu o alvará de soltura.

Continuar lendo Justiça autoriza que Lula seja libertado e deixe a PF em Curitiba

Valdivino Alves de Sousa

foto19

Valdivino Alves de Sousa é um Matemático brasileiro nascido no Estado da (Bahia em 24 de Dezembro de 1973). Fez seus estudos iniciais em sua cidade natal e depois cursou o ensino Médio técnico (antigo 2º grau) no Colégio Washington na Cidade de São Paulo -SP. Desde que iniciou a estudar o que lhe chamava atenção em sua vida, era à área de Exatas, entre idas e vindas, cursou 04 (quatro) faculdades: Ciências Contábeis, Direito, Licenciatura Plena em Pedagogia e Licenciatura Plena em Matemática. Continuar lendo Valdivino Alves de Sousa

Em guerra com Bolsonaro, Globo demite mais de 100 funcionários

Em guerra com Bolsonaro, Globo demite mais de 100 funcionários,

Cortes atingiram equipes de entretenimento e das áreas de produção, transporte e figurino e ocorrem em meio à queda de braço travada entre a Rede Globo e Jair Bolsonaro no caso do assassinato de Marielle Franco

247 – Mais de cem funcionários foram demitidos na última quarta-feira (6) pela Rede Globo, de acordo com informações da Veja. Os cortes atingiram equipes de entretenimento e das áreas de produção, transporte e figurino. Continuar lendo Em guerra com Bolsonaro, Globo demite mais de 100 funcionários

Lula planeja viajar pelo Brasil para reorganizar oposição ao governo, após ser solto

Lula está preso há 1 anos e 7 meses em Curitiba Foto: Edilson Dantas / O Globo

Lula planeja viajar pelo Brasil para reorganizar oposição ao governo, após ser solto,

Defesa do ex-presidente vai solicitar soltura à juíza da Vara de Execuções Penais, que não tem prazo para decidir

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula vai pedir nesta sexta-feira sua imediata liberdade à 12ª Vara de Execuções Penais (VEP) de Curitiba. Caberá à juíza Carolina Lebbos autorizar a soltura do petista e de outros presos na mesma situação, como o ex-ministro José Dirceu .

A decisão, no entanto, não é automática. O juiz de execução pode ainda decretar prisão preventiva do petista, se assim for pedido pelo Ministério Público e se considerar que existem os requisitos previstos em lei para isso — como, por exemplo, periculosidade do réu e risco de fuga. Não há prazo definido em lei para que ele se manifeste.

Leia: STF derruba prisão em segunda instância; Lula e outros 14 réus da Lava-Jato serão soltos

Caso Lula seja solto hoje, ele terá ficado 580 dias na cadeia. Nas conversas que manteve nas semanas que antecederam a decisão de ontem do STF, Lula deixou claro aos seus aliados que, ao ganhar a liberdade, dois pontos vão marcar a sua atuação política: não fará inflexão ao centro nem empunhará a bandeira de deslegitimar o governo do presidente Jair Bolsonaro , como em eventual campanha por impeachment.

Lava-Jato: Quem pode ser solto após decisão do STF derrubar a prisão em segunda instância

Nova oposição

Lula planeja viajar o país e tentar fortalecer a oposição ao governo. Também está previsto um giro internacional para se encontrar com personalidades que se manifestaram contra a sua prisão. Mas o primeiro ato do petista ao ser libertado será em Curitiba , em frente à Polícia Federal . O ex-presidente quer prestar uma homenagem aos simpatizantes que ficaram em vigília no local durante um ano e sete meses. A expectativa é que também ocorra um comício em São Paulo ou São Bernardo do Campo, em seguida.

Leia mais em: https://oglobo.globo.com/brasil/lula-planeja-viajar-pelo-brasil-para-reorganizar-oposicao-ao-governo-apos-ser-solto-24069221

 

Após decisão do STF, defesa de Lula vai pedir soltura imediata

16.out.2019 - Lula nos bastidores de entrevista exclusiva ao UOL na carceragem da PF - Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Após decisão do STF, defesa de Lula vai pedir soltura imediata,

Os advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Martins, que defendem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), informaram que pedirão já nesta sexta a soltura imediata do petista depois da decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), tomada nesta noite, vetando a execução da pena após condenação em segunda instância.
O Supremo retomou o entendimento de que um réu só pode cumprir pena depois de esgotados todos os recursos. Lula já foi condenado em três instâncias no caso do tríplex, da Operação Lava Jato, mas ainda pode recorrer ao STF.