Na direção certa, Folha faz editorial histórico e se pinta pra guerra contra Bolsonaro

Na direção certa, Folha faz editorial histórico e se pinta pra guerra contra Bolsonaro

“Será preciso então que as regras do Estado democrático de Direito lhe sejam impingidas de fora para dentro, como os limites que se dão a uma criança”, afirma o jornal, em duro editorial

A Folha de S.Paulo publicou, na noite desta sexta-feira (29), um editorial chamado “Fantasia de imperador”, em que considera que o presidente Jair Bolsonaro “combina leviandade e autoritarismo” e não entende os “limites que a República impõe ao exercício da Presidência”.

“O Palácio do Planalto não é uma extensão da casa na Barra da Tijuca que o presidente mantém no Rio de Janeiro. Nem os seus vizinhos na praça dos Três Poderes são os daquele condomínio”, afirma a Folha, logo após dizer que “será preciso então que as regras do Estado democrático de Direito lhe sejam impingidas de fora para dentro, como os limites que se dão a uma criança”.

Leia mais em: https://revistaforum.com.br/comunicacao/na-direcao-certa-folha-faz-editorial-historico-e-se-pinta-pra-guerra-contra-bolsonaro/

Submetidas a ‘hackers’ por 5 dias, urnas eletrônicas têm só duas falhas superficiais, informa TSE

Urnas eletrônicas que serão utilizadas na eleição 2020 — Foto: Diêgo Holanda/G1

Submetidas a ‘hackers’ por 5 dias, urnas eletrônicas têm só duas falhas superficiais, informa TSE

TSE recebeu nesta semana 25 acadêmicos, estudantes e peritos para Teste Público de Segurança. Grupo mudou dados superficiais, mas não conseguiu alterar nome de candidato nem de eleitor.

Um grupo de peritos da Polícia Federal encontrou duas falhas consideradas superficiais no sistema da urna eletrônica durante a semana do Teste Público de Segurança, informou nesta sexta-feira (28) o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

De acordo com o tribunal, as falhas detectadas não alteram a segurança do processo eleitoral.

De acordo com o secretário de Tecnologia da Informação do TSE, Giuseppe Janino, os peritos conseguiram entrar no sistema que alimenta as urnas eletrônicas com dados de eleitores e de candidatos e com isso quebraram uma barreira de segurança.

Leia mais em: https://g1.globo.com/politica/eleicoes/2020/noticia/2019/11/29/submetidas-a-hackers-por-5-dias-urnas-eletronicas-tem-so-duas-falhas-superficiais-informa-tse.ghtml