Nubia Oliiver sobre sua adolescência: “Só pensava em fazer sexo”

Reprodução/Instagram

Nubia Oliiver sobre sua adolescência: “Só pensava em fazer sexo”

A beldade reviveu a época em que se considerava ninfomaníaca e precisou fazer tratamento

Nubia Oliiver abriu o coração ao participar do Morning Show, na Jovem Pan, nesta terça-feira (10/12/2019). Conhecida por falar abertamente sobre sexo, a influenciadora digital relembrou a adolescência, fase em que se considerou ninfomaníaca.

Curso de Formação em Psicanálise

De R$ 1.000,00 por apenas R$ 500,00 ou 4x de 125,00 no boleto, ou você pode pagar via cartão pelo PagSeguro em mais parcelas.

Acesse: https://institutouniverse.com.br/course/curso-de-formacao-em-psicanalise/

“Sofri muito. Acho que qualquer vício que você tenha que te prejudique, você acaba sofrendo. Isso causa polêmica até hoje. Não foi legal, eu precisei fazer tratamento”, disse.

“Para uma adolescente que estava descobrindo um monte de outras coisas para ver, estudar, passear, eu só pensava e tinha que fazer sexo. E isso não era legal porque era uma parte compulsiva”, contou Nubia.

Leia mais em: https://www.metropoles.com/colunas-blogs/pipocando/nubia-oliiver-sobre-sua-adolescencia-so-pensava-em-fazer-sexo

MPF apura se pagamentos a filho de Lula foram propina para comprar sítio

Fabio Luis Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula e sócio da Gamecorp - Alan Marques/Folhapress

MPF apura se pagamentos a filho de Lula foram propina para comprar sítio

A compra do sítio de Atibaia (SP) virou tema de investigação da Operação Lava Jato. A nova fase da operação, deflagrada hoje, apura suspeitas de que o imóvel foi adquirido com recursos oriundos de contratos superfaturados fechados pelo grupo Oi/Telemar com empresas controladas por Fabio Luis Lula da Silva, o Lulinha, filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).
O ex-presidente já foi condenado em duas instâncias judiciais por ter se beneficiado de reformas feitas no sítio. Elas foram feitas por empreiteiras e estavam, segundo a denúncia, vinculadas à corrupção na Petrobras.

Continuar lendo MPF apura se pagamentos a filho de Lula foram propina para comprar sítio

Família de Gugu Liberato quer criar campanha de doação de órgãos no Brasil

Imagem relacionada

Família de Gugu Liberato quer criar campanha de doação de órgãos no Brasil

Apresentador de 60 anos de idade morreu após um acidente doméstico em Orlando, nos Estados Unidos

A família de Gugu Liberato, apresentador que morreu aos 60 anos de idade em novembro, quer iniciar uma campanha para incentivar a doação de órgãos no Brasil. Em comunicado enviado à imprensa, a família estuda a viabilização de uma ação em parceria com o governo.

“Passada a missa realizada neste sábado (7) em memória de Gugu Liberato, familiares se reuniram nesta segunda-feira (9) para conversarem sobre uma ideia nascida ainda em Orlando (EUA) por ocasião da cirurgia para doação dos órgãos do apresentador. Após saberem que o ato de doar os órgãos fez com que o assunto ganhasse espaço nunca visto nos meios de comunicação e aumentou o número de telefonemas e doações de órgãos para a Central Nacional de Transplantes, mãe e irmãos de Gugu estudam agora uma ação associada a Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos e/ou Ministério da Saúde para esclarecer a população sobre o tema, alavancar essa discussão e, consequentemente,  aumentar o numero de doadores. O assunto começou a ser discutido entre familiares e será administrado pessoalmente por eles e/ou pessoa designada futuramente. Por enquanto trata-se de um projeto empenhado em perpetuar o desejo de Gugu”, diz o comunicado desta segunda-feira (9).

Leia mais em: https://revistaquem.globo.com/QUEM-News/noticia/2019/12/familia-de-gugu-liberato-quer-criar-campanha-de-doacao-de-orgaos-no-brasil.html