Globo decide não renovar contrato com Aguinaldo Silva

Divulgação

Globo decide não renovar contrato com Aguinaldo Silva

O Grupo Globo anunciou hoje que não renovará o contrato do autor Aguinaldo Silva. A empresa informa que ele não tem novas obras previstas.
“Ao longo dos mais de 40 anos dessa parceria de sucesso, foram mais de 20 trabalhos em conjunto, entre os quais Império, que ganhou o Emmy Internacional de Melhor Novela em 2014”, anuncia o texto. Como autor, Aguinaldo Silva aparece creditado em 14 títulos da emissora: Partido Alto (1984), O Outro (1987), Vale Tudo (1988), Tieta (1989), Pedra Sobre Pedra (1992), Fera Ferida (1993.
A Indomada (1997), Suave Veneno (1999), Porto dos Milagres (2001), Senhora do Destino (2004), Duas Caras (2007), Fina Estampa (2011), Império (2014) etc.

Continuar lendo Globo decide não renovar contrato com Aguinaldo Silva

Serviço Não Perturbe dos bancos começa a funcionar nesta quinta-feira

Acesso internet celular

Serviço Não Perturbe dos bancos começa a funcionar nesta quinta-feira

Consumidor poderá bloquear ligações indesejáveis de ofertas de crédito

Os aposentados e pensionistas que não quiserem mais receber ligações com ofertas de crédito consignado podem se cadastrar no serviço “Não Perturbe” dos bancos, que passa a funcionar a partir de hoje (2).

Para isso, é preciso cadastrar no site do serviço os telefones fixos ou móveis vinculados ao número do CPF. O bloqueio passa a valer 30 dias após o procedimento, quando os bancos que aderiram ao sistema param de fazer chamadas telefônicas com as ofertas de empréstimos.

Ao todo, 23 bancos aderiram ao serviço, que integra uma iniciativa de autorregulação do setor bancário promovida pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e a Associação Brasileira de Bancos (ABBC), em parceria com a Secretaria Nacional do Consumidor.

Leia mais em: http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2020-01/nao-perturbe-dos-bancos-comeca-funcionar-nesta-quinta-feira

Governo divulga calendário de pagamento do Bolsa Família para 2020

Calendário de pagamento do Bolsa Família

Governo divulga calendário de pagamento do Bolsa Família para 2020

O governo divulgou o calendário do Bolsa Família para todos os meses deste ano. Em janeiro, o pagamento inicia no dia 20 para as famílias cujo Número de Identificação Social (NIS) termina em 1. O número vem impresso no cartão do programa,

Quem possui cartão com final 2, pode sacar o benefício no segundo dia de pagamento, e assim por diante, até o dia 31. Em fevereiro, os primeiros pagamentos serão realizados no dia 12 e seguem até o 28 de fevereiro. O calendário completo pode ser conferido abaixo.

Pagamento do Bolsa Família começa no dia 20 para NIS de final 1 (Arte/ Divulgação)

Criado em 2003 como programa de distribuição de renda, o Bolsa Família atende famílias em situação de extrema pobreza, com renda mensal de até R$ 89,00 por pessoa, e de pobreza, com renda mensal entre R$ 89,01 e R$ 178,00.

No caso das famílias pobres, tem acesso ao benefício aquelas que possuem gestantes e crianças e adolescentes entre 0 e 17 anos.

Em 2019, pela primeira vez o Bolsa Família pagou uma 13ª parcela do benefício. Neste ano, o chamado abono natalino, que consistiu no pagamento em dobro da parcela de dezembro, ainda não foi confirmado.

Leia mais em: http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2020-01/governo-divulga-calendario-de-pagamento-do-bolsa-familia-para-2020

Bolsonaro sinaliza que irá sancionar fundo eleitoral e diz que ‘tem que preparar a opinião pública’

BOLSONARO

Bolsonaro sinaliza que irá sancionar fundo eleitoral e diz que ‘tem que preparar a opinião pública’

O presidente Jair Bolsonaro voltou a sinalizar nesta quinta-feira que irá sancionar o fundo eleitoral de R$ 2 bilhões, dizendo que a “a sanção é uma obediência à lei”, e afirmou que é preciso “preparar a opinião pública” para a sua decisão.

No fim do ano passado, Bolsonaro chegou a dizer que a tendência era vetar o fundo, proposto pelo próprio governo. No mesmo dia, no entanto, recuou e disse que a tendência era sancionar, alegando que poderia ser acusado de ter cometido um crime de responsabilidade. Nesta quinta, voltou a citar o artigo 85 da Constituição, que afirma que “são crimes de responsabilidade os atos do Presidente da República que atentem contra a Constituição Federal”.

— O veto ou sanção, a sanção é uma obediência à lei. Se você for ler o artigo 85 da Constituição, se eu não respeitar a lei, estou incurso em crime de responsabilidade. Só isso. É o que eu posso dizer — disse Bolsonaro, sem, no entanto, confirmar que irá sancionar o fundo: — A conclusão agora é de você.

O presidente afirmou, então, que é preciso explicar isso para a população, porque se não a imprensa iria “massacrar” e “arrebentar” ele.

Leia mais em: http://www.noticiamax.com.br/brasil/bolsonaro-sinaliza-que-ira-sancionar-fundo-eleitoral-e-diz-que-tem-que-preparar-a-opiniao-publica/57426

 

Carlos Ghosn diz que organizou fuga do Japão sozinho

Ex-presidente da aliança Renault-Nissan Carlos Ghosn, em foto do dia 1º de outubro   — Foto: Eric Piermont / AFP

Carlos Ghosn diz que organizou fuga do Japão sozinho

Ex-chefe da aliança Renault-Nissan afirmou em nota que a família não participou do plano de escape. Interpol enviou ordem de prisão para o Líbano, onde ele está.

O ex-presidente da aliança Renault-Nissan, Carlos Ghosn, que fugiu do Japão para o Líbano na segunda-feira (30), onde estava em prisão domiciliar, disse em nota nesta quinta (2) que planejou a fuga sozinho. Segundo ele, a família não participou do plano de escape.

“Houve especulações na mídia de que minha esposa, Carole, e outros membros da minha família participaram da minha saída do Japão. Todas essas especulações são imprecisas e falsas”, diz o texto.

“Só eu arranjei minha partida. Minha família não teve nenhum papel”, acrescenta o comunicado.

Também nesta quinta-feira (2), o Líbano anunciou que recebeu um pedido de prisão da Interpol contra Ghosn. “O Ministério Público (…) recebeu um aviso vermelho da Interpol sobre o caso Carlos Ghosn”, disse o ministro da Justiça libanês Albert Sarhane, citado pela agência de notícias oficial ANI.

Leia mais em:https://g1.globo.com/carros/noticia/2020/01/02/carlos-ghosn-diz-que-organizou-fuga-do-japao-sozinho.ghtml