“Você gosta de jogar para a sua plateia, porque você é frouxo, é fraco”, diz Alexandre Frota a Bolsonaro

Resultado de imagem para alexandre frota

Vídeo: “Você gosta de jogar para a sua plateia, porque você é frouxo, é fraco”, diz Alexandre Frota a Bolsonaro

O deputado Alexandre Frota (PSDB) gravou um vídeo em que disse que a mensagem de Jair Bolsonaro convocando para a manifestação de 15 de março foi uma “ação desastrosa”, que “abre uma crise absurda institucional”.

“Nós não podemos aceitar isso.”

Frota chama Bolsonaro de “frouxo” e “covarde” e alguém que “não faz absolutamente nada sozinho”.

“Precisa sempre estar protegido por essa seita, por esse cinturão covarde

Leia mais em:https://www.oantagonista.com/videos/video-voce-gosta-de-jogar-para-a-sua-plateia-porque-voce-e-frouxo-e-fraco-diz-alexandre-frota-a-bolsonaro/

Eduardo Bolsonaro questiona se povo choraria caso bomba atingisse Congresso

Crédito: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Eduardo Bolsonaro questiona se povo choraria caso bomba atingisse Congresso

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) atacou a jornalista Vera Mangalhães e afirmou que ela tenta “criar atrito” entre o Congresso e o presidente Jair Bolsonaro. Por meio do Twitter, o parlamentar comentou uma postagem da jornalista em que ela destaca uma declaração de Bolsonaro feita em 2018.

“Se houvesse uma bomba H no Congresso você realmente acha que o povo choraria? Ou você só faz isso para tentar criar atrito entre o Presidente e o Congresso?”, questionou Eduardo.

No post de Vera, a jornalista destacou que Jair Bolsonaro havia afirmado, em 2018, que “haveria festa no Brasil” se “caísse uma bomba H no Parlamento”.

Leia mais em: https://istoe.com.br/eduardo-bolsonaro-questiona-se-povo-choraria-caso-bomba-atingisse-congresso/

Ministério da Saúde confirma primeiro caso de coronavírus no Brasil

Ministério da Saúde confirma primeiro caso de coronavírus em São Paulo

Ministério da Saúde confirma primeiro caso de coronavírus em São Paulo

Ministério da Saúde confirma primeiro caso de coronavírus no Brasil

Homem de 61 anos, que mora na capital paulista, fez viagem para a Itália entre 9 e 21 de fevereiro. Dois testes deram positivo para infecção. Família está em observação.

O Ministério da Saúde afirmou nesta quarta-feira (26) que está comprovado o caso positivo de coronavírus na capital paulista. Este é o primeiro caso da doença no país e em toda a América Latina.

Além dele, há outros 20 casos em investigação e 59 suspeitas já foram descartadas.

Confira as principais informações:

  • Brasil confirmou o primeiro caso de coronavírus no país
  • Trata-se de um homem que mora em SP, tem 61 anos, e veio da Itália
  • Ele está em quarentena domiciliar
  • 30 pessoas da família estão sob observação
  • Além destes casos, há 20 pacientes em investigação em todo o país
  • Outros 59 casos foram descartados
  • 16 passageiros que estiveram no mesmo voo devem ser postos em observação – alguns podem ter pego conexão e ido para outros destinos

Leia mais em: https://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2020/02/26/ministerio-da-saude-fala-sobre-caso-possivel-paciente-com-coronavirus.ghtml

Há um ano, governo já sabia da falta de dinheiro para o Bolsa Família

Resultado de imagem para bolsa familia

Há um ano, governo já sabia da falta de dinheiro para o Bolsa Família

Ao menos cinco vezes, Ministério da Cidadania pediu dinheiro para que a fila de espera continuasse zerada, mas Junta Orçamentária barrou pleitos

Documentos internos revelam que o governo Jair Bolsonaro já havia sido alertado, em fevereiro de 2019, para o fato de que a verba para o Bolsa Família não seria suficiente.

Ao menos cinco vezes, o Ministério da Cidadania pediu mais dinheiro para que a fila de espera continuasse zerada.

Os pleitos, porém, foram barrados pela Junta Orçamentária, formada pelos ministros Paulo Guedes (Economia) e Onyx Lorenzoni, então na Casa Civil e que, na semana passada, passou a comandar o Ministério da Cidadania, responsável pelo Bolsa Família.

Leia mais em: https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2020/02/ha-um-ano-governo-ja-sabia-da-falta-de-dinheiro-para-o-bolsa-familia.shtml

Bolsonaro não está à altura do cargo se apoiou ato contra o Congresso, diz Celso de Mello

Bolsonaro não está à altura do cargo se apoiou ato contra o Congresso, diz Celso de Mello

Decano do STF cita crime de responsabilidade e afirma que, ‘se confirmada’, convocação de presidente contra o parlamento e Supremo demonstra ‘visão indigna’

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Celso de Mello afirma que a conclamação do presidente Jair Bolsonaro para ato contra a corte e o Congresso, “se confirmada”, revela “a face sombria de um presidente da República que desconhece o valor da ordem constitucional, que ignora o sentido fundamental da separação de Poderes, que demonstra uma visão indigna de quem não está à altura do altíssimo cargo que exerce e cujo ato de inequívoca hostilidade aos demais Poderes da República traduz gesto de ominoso desapreço e de inaceitável degradação do princípio democrático!!!”.

Leia mais em: https://www1.folha.uol.com.br/colunas/monicabergamo/2020/02/bolsonaro-nao-esta-a-altura-do-cargo-se-apoiou-ato-contra-o-congresso-diz-celso-de-mello.shtml