Aguinaldo Silva rebate seguidor após crítica a O Sétimo Guardião

Aguinaldo Silva rebate seguidor após crítica a O Sétimo Guardião:

Aguinaldo Silva rebate seguidor após crítica a O Sétimo Guardião

Autor não ficou calado com comentário de internauta
Nesta quarta-feira (15), Aguinaldo Silva usou seu perfil do Twitter para compartilhar uma publicação sobre a audiência de Fina Estampa, de sua autoria, que já supera a audiência da inédita Amor de Mãe, que teve as gravações suspensas devido ao corona.

Otávio Mesquita e Melissa Wilman se separam após 11 anos de casamento

Otávio Mesquita e Melissa Wilman - Brazil News

Otávio Mesquita e Melissa Wilman se separam após 11 anos de casamento

Chegou ao fim o casamento do apresentador Otávio Mesquita com a publicitária Melissa Wilman. Eles estavam casados desde junho de 2008 e têm um filho, Pietro. “Estou evitando falar, mas é fato. Somos amigos, foi sem brigas, sem motivos! Nos respeitamos, temos um filho de 10 anos”, contou Otávio ao UOL..

Bispo diagnosticado com coronavírus é 1ª vítima no episcopado brasileiro

O arcebispo emérito da Arquidiocese da Paraíba dom Aldo de Cillo Pagotto - Thiago Leon/Santuário de Aparecida/Arquidiocese de Fortaleza/Divulgação

Bispo diagnosticado com coronavírus é 1ª vítima no episcopado brasileiro

O ex-arcebispo da Arquidiocese da Paraíba, dom Aldo Di Cillo Pagotto, de 70 anos, foi o primeiro bispo da Igreja Católica a morrer em decorrência da covid-19 no Brasil. A infecção pelo novo coronavírus foi confirmada ontem pela instituição religiosa, menos de 24 horas depois da morte do epíscopo, em Fortaleza.
Em nota, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (Cnbb) lamentou a morte dom Aldo e se solidarizou com fiéis da Paraíba e da capital cearense, onde o religioso morava desde 2016. Ele estava internado em um hospital privado há cerca de um mês após complicações de saúde devido a um câncer no pulmão e outro no fígado. Em 2017, o bispo também havia lutado contra tumores ma.

Mandetta anuncia que foi demitido do Ministério da Saúde por Bolsonaro

25.mar.2020 - O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta - Andressa Anholete/Getty Images

Mandetta anuncia que foi demitido do Ministério da Saúde por Bolsonaro

Luiz Henrique Mandetta anunciou hoje pelas redes sociais que foi demitido do cargo de ministro da Saúde após uma série de embates com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A saída foi comunicada em uma breve reunião entre os dois no Palácio do Planalto, nesta tarde.
Funcionários do ministério da Saúde confirmaramao UOL que o oncologista Nelson Luiz Sperle Teich aceitou a vaga deixada por Mandetta como titular da pasta. O nome do substituto ainda não foi oficializado pelo governo federal.