‘300 do Brasil’ faz ato em frente ao STF com tochas e gritos contra Moraes

Reprodução/Twitter

‘300 do Brasil’ faz ato em frente ao STF com tochas e gritos contra Moraes

O grupo bolsonarista autodenominado “300 do Brasil” fez ontem um protesto em frente ao STF (Supremo Tribunal Federal) (veja o vídeo abaixo), depois de sua principal porta-voz, Sara Winter, ter sido alvo de mandado de busca e apreensão relacionado ao inquérito das fake news conduzido na Corte na última quarta-feira (27). Com uma faixa onde se lia “300”, o grupo marchava carregando tochas e alguns usavam máscaras que cobriam todo o rosto. Seguidos por Sara, os manifestantes gritavam palavras de ordem contra o ministro do STF Alexandre de Moraes, responsável pelo inquérito..

Protestos antirracistas se espalham pelos EUA; 5º dia registrou uma morte

Caitlin Ochs/Reuters

Protestos antirracistas se espalham pelos EUA; 5º dia registrou uma morte

Os Estados Unidos registraram ontem o quinto dia consecutivo de manifestações após a morte de George Floyd, um homem negro de 46 anos que morreu após uma ação policial na segunda-feira (25), em Minneapolis. Os protestos antirracistas se espalharam para grandes cidades, como Nova York, Seattle, Los Angeles, Chicago, Cleveland, Dallas, Atlanta e dezenas de outras, apesar do toque de recolher decretado para tentar conter os distúrbios. Ontem, ao menos três pessoas foram baleadas em Indianapolis —uma delas morreu. É a terceira morte relacionada às manifestações. Na noite de sexta-feira (30) um jovem de 19 anos e um agente federal também morreram baleados.

Bolsonaro volta a criticar imprensa e insinua: Se negociar bilhões, acaba?

Presidente Jair Bolsonaro - Adriano Machado/Reuters
Bolsonaro volta a criticar imprensa e insinua: Se negociar bilhões, acaba?
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a criticar o trabalho da imprensa hoje, dizendo que “dezenas de fake news” são produzidas diariamente contra ele. Em uma postagem em suas redes sociais, o presidente questionou se isso acabaria caso ele negociasse “bilhões de reais” em propaganda com os veículos de comunicação.