OMS destaca necessidade de transparência nos dados sobre pandemia no Brasil

Foto: (Christopher Black/OMS)

OMS destaca necessidade de transparência nos dados sobre pandemia no Brasil

Diretor de emergências da entidade, Michael Ryan, respondeu a pergunta sobre divulgação de dados pelo Ministério da Saúde.

O diretor de emergências da Organização Mundial de Saúde (OMS), Michael Ryan, destacou nesta segunda-feira (8) a necessidade de transparência sobre os dados da pandemia de Covid-19 no Brasil.

Ryan respondeu a uma pergunta feita durante coletiva em Genebra sobre os dados mais recentes divulgados pelo Ministério da Saúde. No domingo (7), a pasta divulgou dados divergentes sobre a quantidade de mortos e infectados pela doença nas 24 horas anteriores no país.

O diretor de emergências disse esperar que o Brasil continue a relatar “números importantes” – como os casos e as mortes diárias – e divulgue essa informação de forma desagregada (por exemplo, por estado).

Leia mais em: https://g1.globo.com/bemestar/coronavirus/noticia/2020/06/08/oms-destaca-necessidade-de-transparencia-nos-dados-sobre-pandemia-no-brasil.ghtml

Continuar lendo OMS destaca necessidade de transparência nos dados sobre pandemia no Brasil

TSE começa a julgar amanhã ações que pedem cassação de Bolsonaro e Mourão

Marcos Corrêa/PR

TSE começa a julgar amanhã ações que pedem cassação de Bolsonaro e Mourão

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começa a julgar amanhã ações que pedem a cassação da chapa que elegeu o presidente Jair Bolsonaro e o vice, Hamilton Mourão, em 2018. As duas primeiras a entrarem na pauta tratam sobre ataques cibernéticos a um grupo de Facebook que teria favorecido Bolsonaro. A avaliação na corte eleitoral, porém, é de que esses questionamentos têm pouca chance de irem adiante, mas ainda há outras ações na lista para serem julgadas que preocupam mais o Palácio do Planalto, como as que tratam de disparos de mensagens em massa pelo WhatsApp..

Prefeitos contrariam Doria e aceleram retomada das atividades

Ricardo Matsukawa/UOL

Prefeitos contrariam Doria e aceleram retomada das atividades

Prefeitos de diversas cidades do interior de São Paulo aceleraram a retomada das atividades e contrariaram, na avaliação do Ministério Público, o decreto do governador João Doria (PSDB) que estipulou as regras de flexibilização da quarentena do coronavírus. Por meio do decreto 64.994/2020, de 28 de maio, Doria estipulou uma liberação gradual dos serviços, que prevê cinco fases (vermelha, laranja, amarela, verde e azul). As etapas, previstas no Plano São Paulo

Um jornal consciente não abre mão de lavar informações aos seus leitores

Um jornal consciente não abre mão de lavar informações aos seus leitores

O Jornal Folha Online nasceu no intuito de publicar notícias de interesse da população. É um portal online com plataforma de blog online via internet. Continuar lendo Um jornal consciente não abre mão de lavar informações aos seus leitores

Não defendo impeachment, mas Bolsonaro está cavando seu fosso, diz FHC

FHC diz que ainda não há condição para pedir impeachment de Bolsonaro - Guilherme Mazieiro/UOL

Não defendo impeachment, mas Bolsonaro está cavando seu fosso, diz FHC

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) confirmou hoje, mais uma vez, que é contrário aos pedidos de impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). “Não defendo impeachment do Bolsonaro por razões históricas, agora quem está cavando o fosso é ele. Daqui a pouco não tem jeito”, disse o presidente no UOL Entrevista com Tales Faria e Thaís Oyama..

Ex-procurador da Lava Jato: Ida de Moro a ministério de Bolsonaro contaminou a força-tarefa

O ex-procurador da República Carlos Fernando dos Santos Lima, que liderou a Operação Lava Jato no Paraná

Ex-procurador da Lava Jato: Ida de Moro a ministério de Bolsonaro contaminou a força-tarefa. Para Carlos Fernando, presidente já cometeu crimes de responsabilidade mais graves que os de Dilma

Leia também

Moro equipara PT e Bolsonaro e acena pela primeira vez a movimentos contrários ao presidente

Defesa de Moro: troca no GSI reforça tese de interferência de Bolsonaro

 

 

Jornalista Milton Neves passa mal na Band, tem arritmia aguda e é levado para hospital

O radialista, apresentador, publicitário e empresário Milton Neves, da Band - Divulgação

Jornalista Milton Neves passa mal na Band, tem arritmia aguda e é levado para hospital

Milton Neves sentiu um mal-estar hoje, durante o programa “Terceiro Tempo”, da Band, e foi prontamente levado ao Hospital São Luiz, em São Paulo. Posteriormente, ele foi transferido para o Sírio-Libanês, onde trabalha seu médico pessoal, Sérgio do Carmo Jorge. Ao contrário do que dizem os rumores, o apresentador não passou pela UTI (unidade de terapia intensiva). A causa foi uma arritmia cardíaca aguda. O UOL apurou que o filho mais novo, Milton Neves Netto, está no hospital e aguarda mais informações, mas, a princípio, a equipe do apresentador fala em “boa evolução clínica”.