Juristas aprovam prisão de Sara Winter e questionam influência de Bolsonaro

Miguel Reale Júnior é ex-ministro de FHC e foi um dos autores do pedido de impeachment de Dilma - André Dusek/Estadão Conteúdo

Juristas aprovam prisão de Sara Winter e questionam influência de Bolsonaro

Os juristas Miguel Reale Júnior e Lenio Streck concordaram hoje ao analisar a prisão temporária da ativista Sara Winter, realizada pela Policia Federal em Brasília. Reale Júnior, que foi um dos autores do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, disse que ficou “chocado” com o protesto que lançou fogos de artifício em direção ao STF(Supremo Tribunal Federal), realizado pelo grupo liderado por Sara. “Os fatos de ontem (na realidade foram anteontem) são extremamente graves, fiquei chocado com o que aconteceu, o ataque à suprema corte, um bombardeio de fogos de artifício mais simbólico do que ataque físico, uma voz chamando os ministros de comunistas, de um ridículo absurdo”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s