Arquivo da tag: do Ministério da Economia

Reforma tributária vai fatiada ao Congresso, diz responsável por elaborar proposta do governo

Resultado de imagem para rodrigo maia

Reforma tributária vai fatiada ao Congresso, diz responsável por elaborar proposta do governo

Segundo assessora especial Vanessa Canado, do Ministério da Economia, governo enviará primeiro projeto da criação do Imposto de Valor Agregado (IVA), para substituir PIS-Cofins.

O governo federal pretende encaminhar sua proposta de reforma tributária de forma fatiada ao Congresso Nacional, em três etapas, informou ao G1 a assessora especial do Ministério da Economia, Vanessa Canado.

A economista, que integrava o Centro de Cidadania Fiscal (CCiF), é responsável, juntamente com o novo secretário da Receita Federal, José Barroso Tostes Neto, por fechar as propostas tributárias que serão enviadas ao Legislativo. Eles assumiram essa tarefa depois da demissão, em setembro, de Marcos Cintra, então secretário da Receita, que defendia um tributo nos moldes da extinta CPMF.

Leia mais em: https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/11/23/reforma-tributaria-vai-fatiada-ao-congresso-diz-responsavel-por-elaborar-proposta-do-governo.ghtml

Guedes diz que rombo no Orçamento de 2019 ficará R$ 60 bilhões abaixo do previsto

Ministro da Economia, Paulo Guedes Foto: Edilson Dantas / Agência O Globo

Guedes diz que rombo no Orçamento de 2019 ficará R$ 60 bilhões abaixo do previsto

Valor deve ficar em menos de R$ 80 milhões, estima o ministro da Economia

O ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou nesta segunda-feira que o governo fechará o ano com um rombo no Orçamento menor que R$ 80 bilhões. O número representa um resultado cerca de R$ 60 bilhões melhor que o previsto. Caso esse valor seja confirmado, será o melhor resultado das contas públicas desde 2014, quando o rombo registrado foi de pouco mais de R$ 20 bilhões.

O número de 2014 abriu uma sequência de déficits no Orçamento federal, que só deve entrar no azul a partir de 2023, pelas contas do governo. Para conseguir chegar a um resultado melhor em 2019, o governo contou principalmente com arrecadação extra vinda dos leilões de petróleo. Também pesou uma melhor receita com Imposto de Renda e com antecipação de dividendos de estatais.

Viu isso? Maioria das cidades campeãs de royalties do petróleo investe abaixo da média nacional

— Do nosso ponto de vista, do Ministério da Economia, no primeiro ano do governo Bolsonaro, conseguimos um resultado, estamos estimando que o déficit que pode ficar um pouco abaixo de R$ 80 bilhões — disse Guedes. — Nós estamos com um pouco mais da metade do número que foi estimado, o que mostra que foi um ano difícil, mas nós realmente fizemos um resultado bom e lançamos raízes de um bom resultado para o ano que vem — acrescentou.

Leia mais em: https://oglobo.globo.com/economia/guedes-diz-que-rombo-no-orcamento-de-2019-ficara-60-bilhoes-abaixo-do-previsto-24087369