Arquivo da tag: Matematicos Brasileiros

Matemático explica sobre a Discalculia, como saber se a criança tem este distúrbio?

Seu filho tem dificuldades com matemática? Ele pode ter discalculia

O Matemático e Pedagogo com especialização em Psicopedagogia, Valdivino Sousa, explica sobre o distúrbio da discalculia, que é quando a criança, adolescente, ou até mesmo na vida adulta tem dificuldade de aprendizagem em fazer cálculos.  Na internet encontramos várias explicações, mas muitas das vezes informações desencontradas e sem coerência, mas para melhor entendermos o que é discalculia?  Essa pergunta é comum, e existem vários conceitos a até mesmo com respostas prontas, mas sem objetividade. Continuar lendo Matemático explica sobre a Discalculia, como saber se a criança tem este distúrbio?

Matemático fala do método que criou para ensinar equação

entrevistavaldivinosousa

O Matemático e Pedagogo Valdivino Sousa  fala sobre o método que criou para ensinar equação. O Método XYZ tem como objetivo proporcionar uma visão de aprendizagem de equação de 1º grau e expressões algébricas com o uso de objetos ilustrativos. Essa nova metodologia consiste determinar uma forma de educação Matemática diferente da que existe. Leia a seguir a entrevista na íntegra ao Jornal Folha Online. Continuar lendo Matemático fala do método que criou para ensinar equação

Lista de matemáticos do Brasil

Lista de matemáticos do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Esta lista de matemáticos do Brasil inclui notórios matemáticos nascidos no país como também aqueles oriundos do exterior e naturalizados brasileiros. Em ordem alfabética:

Ver também

Governo quer arrecadar até R$ 4 bi com venda de ações que nem sabia que tinha

 (Reprodução)

Governo quer arrecadar até R$ 4 bi com venda de ações que nem sabia que tinha

Com dificuldades para privatizar estatais, o governo estima ingresso entre R$ 3 bilhões e R$ 4 bilhões com a venda de ações de empresas que “desconhecia” ser proprietário, entre elas dos bancos Santander e Itaú Unibanco, das teles Vivo e Tim e da fabricante de aviões Embraer.

São 57 participações minoritárias (ou seja, a União não é a controladora) em empresas com ações na B3, a Bolsa paulista, e também com capital fechado. O governo chegou a esse número depois de um levantamento que durou cinco meses.

O Ministério da Economia também vai vender a participação via FI-FGTS (fundo de investimento que usa parcela do FGTS para aplicar em infraestrutura) em 14 empresas. Em fevereiro, o ministério promete divulgar a “caixa-preta” do fundo com os valores de cada empresa e quanto o governo ganhou e perdeu nas operações do fundo, administrado pela Caixa Econômica Federal e envolvido em casos de corrupção.

Leia mais em: https://www.diariodepernambuco.com.br/noticia/politica/2020/01/governo-quer-arrecadar-ate-r-4-bi-com-venda-de-acoes-que-nem-sabia-qu.html

Deputado Arnaldo Jardim discute impacto de fraudes nas contas de luz

Por Valdivino Sousa em, 23/11/2019

Imagem relacionada

Deputado Arnaldo Jardim discute impacto de fraudes nas contas de luz

comissão especial que vai propor um Código Brasileiro de Energia Elétrica discute hoje o impacto das fraudes e dos furtos de energia elétrica para o consumidor.

Arnaldo Jardim  foi um dos que pediram a realização da audiência, afirma que o setor de energia elétrica vem passando por uma intensa fase de debates sobre os rumos a serem tomados.

“Isso vale para as fontes alternativas de energia elétrica e as diferentes formas de incentivo, desburocratização de processos e, principalmente, diminuição nas contas pagas pelos consumidores”, disse Jardim.

Debatedores
Foram convidados para discutir o assunto, o presidente da Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee), Marcos Aurélio Madureira; e
o especialista em Energia do Instituto de Defesa do Consumidor (Idec) Clauber Barão Leite.

Imagem relacionada

O debate – que foi sugerido também pelos deputados Eduardo da Fonte (PP-PE), Luis Miranda (DEM-DF), Perpétua Almeida (PCdoB-AC), Pedro Uczai (PT-SC) e Neri Geller (PP-MT) – será realizado a partir das 14 horas, no plenário 14.

Fonte: https://www.arnaldojardim.com.br/site/noticias/comissao-do-codigo-de-energia-discute-impacto-de-fraudes-nas-contas-de-luz/

Acesse o site do Deputado: https://www.arnaldojardim.com.br

Enem 2019: saiba o que mais cai em Matemática entre as 45 questões

Valdivinosousamat

Equações, geometria e porcentagem estão entre os principais temas abordados.  Nas 45 questões estão Equações de primeiro e segundo grau são os principais temas cobrados. A prova será aplicada nos dias 3 e 10 de novembro. O cartão com os locais de prova do Enem foi divulgado no dia 16 de outubro.

Segundo o Matemático Valdivino Sousa a prova cobra 45 questões de matemática entre elas estão incluso no conteúdo Matemática e suas Tecnologias. Além disso, o Enem cobra mais 45 questões de Ciências da Natureza como: Química, Física e Biologia.

Falta menos de um mês para a prova, “os assuntos de matemática que foram mais cobrados nas últimas edições do Enem (2014-2018), englobam assuntos variados, ou seja, a prova faz um apanhando, e por isso é muito importante o aluno familiarizar respondendo questões de anos anteriores, sobre os principais temas exigidos”. Explica Valdivino Sousa.

foto28

Veja os temas mais cobrados

Nas provas de matemática dos últimos cinco anos, as principais matrizes de conhecimento cobradas foram as seguintes:

  • Equações de 1º e 2º graus: 17%
  • Grandezas proporcionais e médias algébricas: 14%
  • Porcentagem e matemática financeira: 11%
  • Funções: 6%
  • Noções básicas de estatística: 6%
  • Probabilidade 6%
  • Área de figuras planas e polígonos: 5%

A prova de Matemática costuma ser uma das mais temidas pelos alunos, especialmente no Enem, como já mencionado são 45 questões da disciplina. No entanto, a prova apresenta questões com vários níveis de dificuldade, e as perguntas realmente complicadas são mais raras.

A prova é forrada de gráficos, tabelas, esquemas e infogramas que devem ser interpretados com cuidado, mas, muito se engana quem acredita que se trata somente de uma prova de interpretação, a análise dos dados apresentados é constante na prova, mas não é suficiente sem as aplicações de conhecimentos específicos.

Os conhecimentos específicos que a prova cobra são menos “cabeludos” do que se imagina. “Podemos dizer que 99% das perguntas englobam conteúdo do nono ano do Ensino Fundamental e primeiro ano do Ensino Médio”, afirma o Matemático Valdivino Sousa. “Logaritmo já caiu na prova e exigiu que o candidato soubesse de cor suas propriedades, mas foi uma exceção”, diz.

Funções de 1° e 2° graus

As questões de função podem aparecer com as mais variadas abordagens. No exemplo, a expressão f(x) (que indica a função) já aparece de cara na questão, sem exigir que o aluno faça maior esforço para decifrar qual operação será usada. No entanto, esse tipo de questão não é recorrente. Normalmente, o enunciado propõe uma situação em que o uso da função será necessário, mas sem deixar claro no texto.

Progressão aritmética e geométrica

Com a progressão aritmética (PA) e a geométrica (PG), acontece uma situação parecida com a das funções. “Em um vestibular tradicional, uma questão de PA é anunciada com a frase “Em uma PA…”. No Enem isso também pode ocorrer, mas existe a preferência em se criar uma situação que origine uma PA. O aluno deve reconhecer que se trata de uma PA analisando os dados apresentados”, explica o professor e Matemático Valdivino Sousa.

Estatística

Nas questões de estatística, é bastante comum que caia a média aritmética, a moda ou a mediana.

Grandezas proporcionais

As questões que envolvem grandezas podem ser cobradas como inversamente proporcionais ou diretamente proporcionais. É bastante comum que sejam resolvidas com uma simples regra de três.

Porcentagem

As questões de porcentagem também costumam apresentar um enunciado claro. No entanto, muitas vezes a questão que traga porcentagem também aborda outro assunto – o mais comum é que seja matemática financeira, por exemplo.

Equações 1º e 2º graus

As questões que exigem uma equação são bastante comuns e também não costumam ter um enunciado explícito. Normalmente, a questão coloca um problema que exige que o aluno formule uma relação de equação para resolver.

Trigonometria (triângulo retângulo e semelhança de triângulos)

Já nas questões de trigonometria, o uso das relações matemáticas costuma ser bem mais aparente. Normalmente, a questão já vem com um desenho da figura, deixando claro o que o aluno deve fazer para chegar à resposta.

Áreas de figuras planas/prismas, cilindros, cones e esferas

Da mesma forma que nas questões de trigonometria, as questões de figuras planas e figuras tridimensionais (área e volume) costumam apresentar a figura do objeto descrito no texto. E por fim, Análise combinatória e probabilidade.

 Como se sair bem

A maior dica do Matemático Valdivino Sousa, e que vale para as outras matérias também é resolver questões antigas de provas anteriores. “Fazendo isso, o aluno vai se sentir bem mais à vontade na hora do exame”, completa.

Outra coisa que ajuda é usar o método pega-varetas. No jogo, que consiste em lançar varetas ao chão e pegar o máximo possível sem movimentar as outras, o segredo é sempre pegar as que estavam mais fáceis para, só depois, tentar tirar as difíceis.

Esse princípio também se aplica ao Enem e ao vestibular, em que há um grande número de questões de diferentes níveis de dificuldade e um tempo limitado para resolvê-las. Assim, comece respondendo as mais fáceis e deixe as mais complicadas para depois. “As questões têm pesos diferentes, mas o candidato deve tentar responder o maior número que conseguir”, explica o Valdivino Sousa. Se perder muito tempo nas mais difíceis, sobrará pouco para as que você teria mais chance de acertar, certo?

 

Sobre o Autor

Valdivino Sousa é Professor,  Matemático, Pedagogo, Contador, Bacharel em Direito, Mestrado em Ciências da Educação Matemática e Escritor. Criador do método X Y Z que facilita na aprendizagem de equação e expressão algébrica com objetos ilustrativos. Docente nos cursos de Matemática, Ciências Contábeis, Administração e Engenharia. Autor de mais de 15  livros e têm vários artigos publicados em revistas e jornais especializados.  Tem experiência na área de Matemática, com ênfase em Equações Diferenciais Parciais, Matemática Computacional e Engenharia Didática, atuando principalmente nos seguintes temas: métodos numéricos, equações diferenciais, modelagem, simulações e  didática no ensino de Matemática. Além da Matemática atua há mais de 20 anos em Contabilidade e desde 2005 é Contador responsável da Alves Contabilidade. Outras atividades: Programador Web, Estrategista de Conteúdo e mídias digitais, Blogueiro Mtb 60.448. Semanalmente escreve para o portal D.Dez, Jornal da Cidade e Folha Online. Sobre: Comportamento, Educação Matemática e Desenvolvimento da Aprendizagem. E-Mail: valdivinosousa.mat@gmail.com Whatsap: 11 – 9.9608-3728 Veja Biografia

 

 

Índia tem 3.000 anos de matemática

Professor escreve em quadro negro

Pesquisa matemática indiana tem passado glorioso, como definições de seno e cosseno nos séculos 4 e 5

Visitei a Índia por duas semanas para uma conferência de minha área de pesquisa (sistemas dinâmicos), que o Impa organizou em Bangalore, em parceria com o Centro Internacional de Física Teórica de Trieste e o Centro Internacional de Ciências Teóricas de Bangalore, filial do Instituto Tata de Bombaim. Continuar lendo Índia tem 3.000 anos de matemática

A Matemática e seu mistério

Resultado de imagem para Matemáticos

A matemática é a ciência do raciocínio lógico e abstrato, que estuda quantidades, medidas, espaços, estruturas, variações e estatísticas. Um trabalho matemático consiste em procurar por padrões, formular conjecturas e, por meio de deduções rigorosas a partir de axiomas e definições, estabelecer novos resultados.

GRANDE FEITO Fundamentou a geometria no século 3 Ma.C. Seu livro Elementos, com os fundamentos da geometria clássica, ainda é leitura obrigatória entre os matemáticos. Na obra de 23 séculos atrás estão compilados seus axiomas – verdades lógicas que valem até hoje Continuar lendo A Matemática e seu mistério

Matemáticos Famosos

fotooficial

Ao pesquisar na internet encontramos uma lista de Matemáticos famosos, que fizeram história e muitos deles contribuiu e ainda contribui com saber da mãe de todas as ciências que é a matemática.

Um Matemático em destaque pela mídia e nas redes sociais atualmente é Valdivino Alves de Sousa, ele contribuiu e contribuem imensamente no aprendizado de fórmulas através do Método X,Y e Z que ajuda no aprendizado de Equação de primeiro grau com uso de objetos ilustrativos. Continuar lendo Matemáticos Famosos

Após vaquinha, mineiros de escola estadual conquistam prêmio de matemática na Ásia

Olimpíada terminou nesta quinta-feira (8)

Os alunos de uma escola pública de Minas Novas, no Vale do Jequitinhonha, que fizeram uma vaquinha para conseguirem representar o Brasil na Olimpíada Internacional Matemática sem Fronteiras, em Taiwan, conquistaram a medalha de bronze na competição, que terminou nesta quinta-feira (8), na Ásia.

Thais Pereira, Eric Soares, Gabriel Lopes, João Lemos, João Mota e Vitor Martins, estudantes do 9º ano do ensino fundamental e do 3º ano do ensino médio da Escola Estadual Presidente Costa e Silva, viajaram acompanhados do professor de matemática Adaigisio Soares, de 46 anos, incentivador dos jovens. Continuar lendo Após vaquinha, mineiros de escola estadual conquistam prêmio de matemática na Ásia