Arquivo da tag: por unanimidade

Copom reduz taxa básica de juros de 6% para 5,5% ao ano

Copom mantém taxa básica de juros em 6,5% ao ano Foto: Pixabay

Copom reduz taxa básica de juros de 6% para 5,5% ao ano

Redução já era esperada pelo mercado financeiro e acontece em meio ao fraco desempenho da economia brasileira. Nova taxa é a menor da série histórica do Banco Central.

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu nesta quarta-feira (18), por unanimidade, reduzir a Selic, taxa básica de juros da economia, de 6% ao ano para 5,5% ao ano.

O percentual, que já era esperado pelo mercado financeiro, é o menor da série história do Banco Central, que começou em 1986. A taxa básica de juros serve como referência para as demais taxas cobradas de famílias e empresas.

A Selic se manteve em 6,5% de março de 2018 a julho de 2019, quando recuou para 6%. A expectativa de economistas é que, para a próxima reunião do comitê, no fim de outubro, haja mais um corte de 0,5 ponto percentual na taxa, caindo para 5% e permanecendo neste percentual até o fim de 2020.

Leia mais em: https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/09/18/copom-reduz-taxa-basica-de-juros-de-6percent-para-55percent-ao-ano.ghtml

Continuar lendo Copom reduz taxa básica de juros de 6% para 5,5% ao ano

Anúncios

Desembargadores Federais obriga CRC conceder registro profissional a uma Bacharel em Ciências Contábeis em Santa Catarina

Imagem relacionada

Por meio de Mandado de Segurança uma Bacharel em Ciências Contábeis conseguiu o registro profissional sem prestar o Exame de Suficiência, na primeira instância o CRC de Santa Catarina contestou e obteve êxito  com base na Resolução CFC n.° 1.554/2018, ou seja, que para emitir a carteira profissional só mediante aprovação no Exame de Suficiência do Conselho Federal de Contabilidade. Continuar lendo Desembargadores Federais obriga CRC conceder registro profissional a uma Bacharel em Ciências Contábeis em Santa Catarina

Por unanimidade, Sexta Turma do STJ decide libertar ex-presidente Michel Temer

O ex-presidente Michel Temer ao ser levado para a prisão — Foto: Abraão Cruz/TV Globo

Por unanimidade, Sexta Turma do STJ decide libertar ex-presidente Michel Temer,

Decisão liminar (provisória) também beneficiou coronel Lima, amigo do ex-presidente. Os dois são réus em ação penal que investiga desvios na construção da usina de Angra 3.

Leia mais em: https://g1.globo.com/politica/noticia/2019/05/14/relator-de-pedido-de-liberdade-de-temer-vota-a-favor-de-soltar-ex-presidente.ghtml

Banco Central mantém taxa Selic em 6,5% pela 9ª vez seguida

Copom

Banco Central mantém taxa Selic em 6,5% pela 9ª vez seguida,

Decisão divulgada pelo Comitê de Política Monetária (Copom) nesta quarta-feira já era esperada pelo mercado

BRASÍLIA – O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu, por unanimidade, manter a Selic (a taxa básica de juros da economia) em 6,50% ao ano. Com isso, a taxa permaneceu no nível mais baixo da série histórica do Copom, iniciada em junho de 1996. Foi a nona manutenção consecutiva da taxa neste patamar.

Leia mais em: https://economia.estadao.com.br/noticias/geral,banco-central-mantem-taxa-selic-em-6-5-pela-9-vez-seguida,70002821054

Valdivino Sousa a Matemática está presente em tudo

blogvaldivino

O Blog do Prof. Valdivino Sousa www.valdivinosousa.mat.br pretende de uma forma simples apresentar como a Matemática está presente em tudo, e como ela está inserida em nosso cotidiano.

O objetivo do blog é mostrar para as pessoas, a importância da Matemática em nossa vida, o quanto esta ciência faz parte do dia a dia de todos nós, independente da situação ou momento ela está sempre presente em tudo. Continuar lendo Valdivino Sousa a Matemática está presente em tudo

Bolsonaro pretende derrubar a exigência do exame de ordem

Bolsonaro pretende derrubar a exigência do exame de ordem, sua luta contra o exame de ordem se arrasta há mais de anos. Neste domingo (25) o candidato eleito criticou de forma veemente a realização de exame pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para registro dos bacharéis em Direito.

“Nós não podemos formar jovens no Brasil, em cinco anos, no caso dos bacharéis de Direito, e depois submetê-los a serem advogados de luxo em escritórios de advocacia, ou seja, boys de luxo”, disparou o presidente eleito. Continuar lendo Bolsonaro pretende derrubar a exigência do exame de ordem