Arquivo da tag: que

Marco Aurélio não descarta crime de Bolsonaro e fala em impeachment

(foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil -)

Marco Aurélio não descarta crime de Bolsonaro e fala em impeachment

Magistrado comentou fato de Sergio Moro ter afirmado que presidente tentou acessar relatórios de inteligência da Polícia Federal

Marco Aurélio Mello afirmou, nesta sexta-feira (24/4), que o presidente Jair Bolsonaro pode ter cometido crime comum ao tentar acesso a relatórios de inteligência da Polícia Federal e não descartou a possibilidade de a situação levar a um processo de impeachment.

Em entrevista à Rádio Gaúcha, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) disse, que, se for o caso, “o procurador-geral da República deve atuar em caso de crime comum”.

Ele rechaçou qualquer tentativa de um presidente da República de interferir no trabalho desenvolvido pela PF. “A Polícia Federal não é uma polícia de governo, é uma polícia de Estado, e deve atuar com independência”, defendeu. O magistrado lembrou ainda que alertou, durante as eleições, sobre os riscos de Bolsonaro chegar ao poder.

“Vejo um quadro muito grave e que gera perplexidade. Vem a confirmar o que eu disse em um seminário na Universidade de Coimbra, que discorri sobre a tendência de se eleger populistas de direita. Disse com todas as letras que temia pelo Brasil”, disse.

Leia mais em: https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica/2020/04/24/interna_politica,847869/marco-aurelio-nao-descarta-crime-de-bolsonaro-e-fala-em-impeachment.shtml

 

Selfie no banco, revolta com Globo, oração para fãs: a rotina de mãe de BBB

Mães de BBB: Genilda e Rafa Kalimann - Reprodução Instagram

Selfie no banco, revolta com Globo, oração para fãs: a rotina de mãe de BBB

Aos 70 anos, Yara Assis nunca imaginou que um dia fosse tumultuar o funcionamento de um banco. Mas, por causa de sua presença, muitos funcionários largaram os postos de trabalho e alguns clientes levantaram das cadeiras de espera para tirar selfies e bater papo com a funcionária pública aposentada. “Tem uma menina lá com quem tenho mais amizade. Ela que espalhou que era mãe da Thelminha do BBB e fizeram uma festa comigo”, diverte-se. “Até o gerente veio fazer uma foto. Tô ficando importante.”
Yara, mãe da Thelma: pedidos de selfie na agência bancária - Reprodução Instagram
Ter um filho como participante de reality show mexe invariavelmente com a rotina das mães, que, de certa forma, acabam vivenciando o dia a dia do confinamento. Muitas delas deixam de lado seus afazeres para ficarem grudadas na televisão acompanhando tudo o que está acontecendo na casa

Bloco de Michel Teló, Bem Sertanejo arrasta 1 milhão em São Paulo

Resultado de imagem para Bloco de Michel Teló, Bem Sertanejo arrasta 1 milhão em São Paulo

Bloco de Michel Teló, Bem Sertanejo arrasta 1 milhão em São Paulo

No segundo dia de Carnaval, o bloco Bem Sertanejo, do cantor Michel Teló, sai com uma multidão na região do Parque Ibirapuera, em São Paulo, e aposta na inclusão ao trazer uma equipe de intérpretes de libras durante a apresentação. “A ideia é que todo mundo possa participar dessa grande alegria”, disse Teló ao UOL.
Ana Víctoria Dauer, 18, é surda desde que nasceu. Ela aprovou a iniciativa do bloco com a linguagem de sinais. “Fiquei sabendo ontem. Mas é muito difícil chegar aqui”, disse Bianca, mãe de Victória, que, em libra, disse que estava adorando ter alguém pra ajudá-la a entender as letras que o Michel Teló cantava. Relacionadas Venezuelanas são presas com 30 celulares;

Bolsonaro ameaça usar Lei de Segurança Nacional contra Lula

Bolsonaro ameaça usar Lei de Segurança Nacional contra Lula

Temendo a movimentação do ex-presidente Lula pelo Brasil denunciando o desmonte do estado, Jair Bolsonaro disse que a Lei de Segurança Nacional “está aí para ser usada” contra ele. “Alguns acham que os pronunciamentos, as falas desse elemento, que por ora está solto, infringem a lei”, disse Bolsonaro em entrevista ao site O Antagonista

air Bolsonaro ameaçou nesta segunda-feira, 11, utilizar a Lei de Segurança Nacional contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que, após ganhar liberdade, promete rodar o País denunciando o desmonte do estado e a perda da soberania nacional promovida pelo governo Bolsonaro.

“Temos uma Lei de Segurança Nacional que está aí para ser usada. Alguns acham que os pronunciamentos, as falas desse elemento, que por ora está solto, infringem a lei. Agora, nós acionaremos a Justiça quando tivermos mais do que certeza de que ele está nesse discurso para atingir os seus objetivos”, disse Bolsonaro em entrevista ao site O Antagonista.

Leia mais em: https://www.brasil247.com/brasil/bolsonaro-ameaca-usar-lei-de-seguranca-nacional-contra-lula#.Xcm36bkLpKk.twitter

Bolsonaro abre 7 de Setembro com Edir Macedo e Silvio Santos

Bolsonaro abre o desfile de 7 de Setembro, em Brasília, ao lado de Edir Macedo e Silvio Santos

Bolsonaro abre 7 de Setembro com Edir Macedo e Silvio Santos

Presidente também quebrou o protocolo caminhando na Esplanada para cumprimentar público em desfile em Brasília

O presidente Jair Bolsonaro abriu o desfile de 7 de Setembro, em Brasília, neste sábado (7) ao lado dos donos da Record, bispo Edir Macedo, e SBT, Silvio Santos. Bolsonaro também quebrou o protocolo ao descer da tribuna neste sábado e interromper o desfile de 7 de Setembro na Esplanada dos Ministérios para caminhar e cumprimentar o público presente em várias arquibancadas.

Acompanhado dos ministros Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) e Onyx Lorenzoni (Casa Civil) e outros assessores, além do empresário Luciano Hang, dono das lojas Havan, Bolsonaro acenou ao público, que, em diversos momentos retribuiu com gritos de “mito, mito”. Os presentes também gritaram o nome de Moro.

Leia mais em: https://www.terra.com.br/noticias/brasil/politica/bolsonaro-abre-7-de-setembro-com-edir-macedo-e-silvio-santos,562141d5f3f926abe7049be13602f88839rh0ys9.html Continuar lendo Bolsonaro abre 7 de Setembro com Edir Macedo e Silvio Santos

Colóquio e Encontro de Mulheres refletem a matemática atual

O Colóquio Brasileiro de Matemática trocou Poços de Caldas, em Minas Gerais, pela sede do Impa no Rio de Janeiro em 1987

Colóquio e Encontro de Mulheres refletem a matemática atual

Os eventos têm papel determinante para a área no Brasil

O primeiro Colóquio Brasileiro de Matemática, de 1º a 20 de julho de 1957, em Poços de Caldas (MG), contou com 49 professores de 9 instituições, quase toda a comunidade matemática brasileira da época. Estava um pequeno número de mulheres, como Marília Peixoto e Elza Gomide, que, ao lado de Maria Laura Leite Lopes, foram nossas primeiras doutoras na matéria. A matemática engatinhava por aqui.

A 32ª edição do evento, realizado pelo Impa (Instituto de Matemática Pura e Aplicada) a cada dois anos, acontece esta semana, com mais de mil inscritos. Este ano, tem uma importante dimensão extra: no fim de semana, aconteceu o primeiro EBMM (Encontro Brasileiro de Mulheres Matemáticas), com quase 500 participantes.

 

Desafios da Matemática, o projeto que une tangram e cálculos

Desafios da Matemática, o projeto que une tangram e cálculos em Osasco na grande São Paulo, a iniciativa melhorou desempenho da escola na Olimpíada Brasileira de Matemática.

Como um dos jogos mais enigmáticos – e úteis – da humanidade podem se transformar numa poderosa ferramenta de aprendizagem? É o que a Escola Estadual Armando Gaban responde no “Desafios da Matemática”, uma série de aulas pensadas para ensinar matemática de um jeito divertido. Continuar lendo Desafios da Matemática, o projeto que une tangram e cálculos

Ministério Público diz ao STJ que Lula tem direito a progredir para regime semiaberto

O ex-presidente Lula, em 7 de abril de 2018, horas antes de se entregar à Polícia Federal — Foto: Andre Penner/AP Photo

Ministério Público diz ao STJ que Lula tem direito a progredir para regime semiaberto

Ex-presidente está preso em regime fechado desde 7 de abril de 2018. No semiaberto, condenado tem direito a deixar prisão durante o dia para trabalhar.

Leia mais em: https://g1.globo.com/politica/noticia/2019/06/04/ministerio-publico-diz-a-stj-que-lula-tem-direito-a-progredir-para-regime-semiaberto.ghtml

Entenda a regra que pode congelar os recursos do governo Bolsonaro nas próximas semanas

A chamada 'regra de ouro' coloca Bolsonaro diante de um dilema — Foto: Ricardo Moraes/Reuters

Entenda a regra que pode congelar os recursos do governo Bolsonaro nas próximas semanas,

Governo precisa de autorização do Congresso para emitir R$ 248,9 bilhões em dívidas e não interromper Bolsa Família, Plano Safra e pagamento de aposentadorias.

Leia mais em: https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/06/04/entenda-a-regra-que-pode-congelar-os-recursos-do-governo-bolsonaro-nas-proximas-semanas.ghtml