Arquivo da tag: Valdivino Sousa

Valdivino Sousa: agora estou no twitter! siga-me @matematicosousa

estounotwitter

AGORA ESTOU NO TWITTER! SIGA-ME Basta pesquisar por: @matematicosousa

Valdivino Sousa: agora estou no twitter! siga-me @matematicosousa

Valdivino Sousa: agora estou no twitter! siga-me @matematicosousa

Todos os dias posts sobre: Comportamento, Educação Matemática e Desenvolvimento da Aprendizagem                                                                

Valdivino Sousa: agora estou no twitter! siga-me @matematicosousa

#MatematicoSousa#ValdivinoSousa#Matemática#Professor#Matemático#MétodoXYZ#Pesquisador#Educação#Ensinar#Posts#Agora#XYZ#ComportamentoMatemático#Veja#Pedagogo#ValdivinoSousa#Seguir#EducaçãoMatemática

Matemático gato esbanja beleza e inteligência na internet

Por Milton Sousa

Matemático gato esbanja beleza e inteligência na internet, o nome dele é Valdivino Alves de Sousa, natural de Cordeiros, Estado da Bahia, Valdivino Sousa tem um currículo invejável e destaca com um pesquisador na  Ciência Matemática.

Matemático gato esbanja beleza e inteligência na internet, o nome dele é Valdivino Alves de Sousa, natural de Cordeiros, Estado da Bahia, Valdivino Sousa tem um currículo invejável e destaca com um pesquisador na  Ciência Matemática. 

É Criador do método X Y Z que facilita na aprendizagem de equação e expressão algébrica com objetos ilustrativos. Autor de mais de 15  livros e têm vários artigos publicados em revistas e jornais. Tem experiência na área de Matemática, com ênfase em Equações Diferenciais Parciais, Matemática Computacional e Engenharia Didática, atuando principalmente nos seguintes temas: métodos numéricos, equações diferenciais, modelagem, simulações e  didática no ensino de Matemática. Além da Matemática atua há mais de 20 anos em Contabilidade e desde 2005 é Contador responsável da Alves Contabilidade. 

Veja biografia Completa 

 REDES SOCIAIS

O Matemático que aplica a Engenharia Didática em Matemática

Você já ouviu falar em Engenharia Didática em Matemática? conheça o Matemático que pesquisa e aplica à Engenharia Didática em Matemática. Valdivino Alves de Sousa, conhecido como Valdivino Sousa é um Matemático brasileiro nascido no Estado da (Bahia em 24 de Dezembro de 1973). Continuar lendo O Matemático que aplica a Engenharia Didática em Matemática

Melhor resultado em 39 anos da Olimpíada Internacional de Matemática

Segundo o Matemático e Pedagogo Valdivino Sousa, o resultado conquistado deixa o Brasil a frente de Três país de renome do conhecimento matemático como Japão, França e Alemanha. 

Por outro lado em função do Brasil não está valorizando a pesquisa científica mesmo com com o resultado do Brasil ficar à frente de Japão, França, Canadá e Alemanha. O Coordenador do time brasileiro lamenta a possível “fuga de cérebros” dos 6 jovens. 

O Brasil ficou em 10º lugar na Olimpíada Internacional de Matemática, a maior competição entre estudantes de 14 a 19 anos do ensino médio. Este é o melhor resultado já conquistado desde que o Brasil participa do torneio, há 39 anos. A competição foi criada em 1959. Nesta edição, 105 países disputaram as provas. 

Ao todo, a equipe brasileira somou 165 pontos, com uma medalha de ouro e cinco de prata. Com o resultado, ficou à frente de países como Japão, França, Canadá e Alemanha.

Top 10 na Olimpíada Internacional de Matemática 2020

1 China

2 Rússia

3 Estados Unidos

4 Coreia do Sul

5 Tailândia

 

6 Itália

6 Polônia

8 Austrália

9 Reino Unido

10 Brasil 

Fonte: Olimpíada Internacional de Matemática

Os estudantes que conquistaram as medalhas são: 

Pedro Gomes Cabral, de Fortaleza (CE) – Ouro

Bernardo Peruzzo Trevizan, de São Paulo (SP) – Prata

Francisco Moreira Machado Neto, de Fortaleza (CE) – Prata

Gabriel Ribeiro Paiva, de Fortaleza (CE) – Prata

Guilherme Zeus Dantas e Moura, de Maricá (RJ) – Prata

Pablo Andrade Carvalho Barros, de Teresina (PI) – Prata

 Para chegar à etapa internacional, antes eles conquistaram medalhas na Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM). Depois, passaram por três testes seletivos e treinamento. Eles foram liderados por Carlos Gustavo Moreira, pesquisador do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa) e coordenador-geral da OBM, e Matheus Secco, da Academia de Ciências Tcheca. 

Segundo o Matemático e Pedagogo Valdivino Sousa, o resultado conquistado deixa o Brasil a frente de Três país de renome do conhecimento matemático como Japão, França e Alemanha.

Segundo o Matemático e Pedagogo Valdivino Sousa, o resultado conquistado deixa o Brasil a frente de Três país de renome do conhecimento matemático como Japão, França e Alemanha. 

 “Eles são resultado de um processo de seleção muito disputado e rigoroso, aberto para todas as escolas do país”, afirma Carlos Moreira. “Com essas medalhas, provavelmente conseguirão bolsas de estudos nas melhores universidades e terão ótimas perspectivas de carreira em várias áreas.” 

Fuga de cérebros

 Ele lamenta a possível “fuga de cérebros” destes jovens, já que há pouca perspectiva de trabalho para eles no Brasil após a graduação. Moreira cita que há pesquisa científica de alta qualidade no Brasil, inclusive em Matemática, com ótimos cursos de graduação e pós-graduação em áreas diversas. Mas, as perspectivas para os jovens são “incertas e obscuras”. 

“O Brasil está no grupo dos países mais desenvolvidos em pesquisa em Matemática – o grupo 5 do IMU, segundo a União Internacional de Matemática. Portanto, os alunos premiados poderiam seguir uma carreira brilhante no Brasil. Mas o governo está cortando bolsas de pós-graduação e posições nas universidades, o que torna incertas e obscuras as perspectivas de futuro desses jovens e do país”, avalia.

Resultados tão positivos em matemática não são realidade de toda a população. Dados da mais recente edição do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa, na sigla em inglês) colocam o Brasil entre os últimos 10 colocados na prova de matemática. 

A competição estava prevista para ocorrer em São Petersburgo, na Rússia, mas por causa da pandemia, os estudantes fizeram as provas sem sair do país. No Brasil, os testes foram aplicados em 21 e 22 de setembro na Universidade Federal do Ceará (UFC) e no Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), no Rio de Janeiro.

 

Fonte: G1

 

 Tags:

 Japão

Matemático fala sobre evento online que reúne palestrantes de renome internacional

O Matemático e Pedagogo ValdivinoSousa, fala sobre os eventos online sobre análise matemática que reúne palestrantes de renome internacional.

Uma série de eventos online sobre análise matemática reúne palestrantes de renome internacional, o evento iniciou em 24 de Setembro, em moldes de webinários Approximation Theory, Harmonic Analysis and related topics. As atividades serão quinzenais, realizadas via Google Meet e se estendem até o dia 10 de dezembro. Continuar lendo Matemático fala sobre evento online que reúne palestrantes de renome internacional

Jogos digitais desperta o interesse de alunos por Matemática

Jogos digitais,  Desperta, Interesse de alunos, Matemática,  Aposta,  Alunos,  Aprender matemática, Matéria,  Fácil,  Divertida,  Aplicativos interativos,  99math, Educadores, Matéria simples,  Tampouco,   Ensinada,  Presente em inúmeras,  Situações, Abstrata,  Dificuldades,  de Enxergar as aplicações,

Jogos digitais são aposta para os alunos aprender matemática, a matéria pode se tornar mais fácil e divertida com aplicativos interativos como o 99math.

Segundo pesquisa divulgada pelo site Educadores, a matemática nunca foi uma matéria simples de ser aprendida, e tampouco de ser ensinada. Embora esteja presente em inúmeras situações, por ser mais abstrata do que as outras, os estudantes costumam ter dificuldades de enxergar as aplicações. Consequentemente, passam a ver as aulas como monótonas e “sem graça”. Continuar lendo Jogos digitais desperta o interesse de alunos por Matemática

61ª Olimpíada Internacional de Matemática vai ser realizada pela internet

 Matemático, Pedagogo e Psicopedagogo Valdivino Sousa fala da 61ª Olimpíada Internacional de Matemática
Essa é a primeira vez que a olimpíada vai ser realizada pela internet, pois ninguém esperava o mundo inteiro está passando por uma pandemia. E, sendo assim, neste ano, devido à pandemia da Covid-19, as provas serão pela internet.
A Olimpíada Internacional de Matemática ocorre em 21 a 22 de Setembro de 2020.

Continuar lendo 61ª Olimpíada Internacional de Matemática vai ser realizada pela internet

A matemática não é tão difícil quanto parece, A questão é a forma como é ensinada

Apaixonados por matemática se reúnem

A matemática não é tão difícil quanto parece. A questão é forma como é ensinada. É o que defende uma nova geração de professores, que se reuniu neste sábado (23), na Universidade Estadual de Maringá. É o 3° Encontro Regional da Olimpíada Brasileira de Matemática da Escola Pública, coordenado pela UEM e UEL. Continuar lendo A matemática não é tão difícil quanto parece, A questão é a forma como é ensinada

Matemático explica como o cérebro desenvolve habilidades cognitivas com números

Matemático explica, como o cérebro, desenvolve habilidades, cognitivas com números, Matemático, explica como, o cérebro desenvolve, Habilidades, Cognitivas, Números,  Cérebro, Desenvolve, Matemático, Pedagogo,  Psicopedagogo, na Plasticidade,  Cerebral,  Cultura,  Hábito,  Aprender,  Leitura, Escrita, Córtex parietal,  Esforço cognitivo,   Netos,      A Matemática, Assunto, Células, Corpo, Corpo Humano, Cotidiana, Humano, Leitor, Metemático, Notícias, Pedagogo, Presente, Psicopedagogo, Tema, Trends, Tronco, Uol, Valdivino Sousa, Vida, XYZ,      TAGS  Matemático, Cérebro, Desenvolve, Habilidades, Cognitivas, Números, Trends, XYZ, Uol, artigos, Notícias, Pedagogo, Psicopedagogo, Cerebral, Cultura, Hábito, Aprender, Córtex, Esforço,

Matemático, Pedagogo e Psicopedagogo Valdivino Sousa explica como o cérebro desenvolve habilidades cognitivas para lidar com os números. Como isso ocorre na plasticidade cerebral? Como de cultura temos hábito de achar que aprender matemática é difícil para qualquer criança.

Alguns pesquisadores tentam diferenciar da leitura e escrita, e quando deparamos com uma criança que aprende a falar antes da idade esperada é considerada unanimemente pelos neurocientistas como uma habilidade humana inata, possibilitada pela evolução do cérebro.

Continuar lendo Matemático explica como o cérebro desenvolve habilidades cognitivas com números

Mara Régia levantou a bandeira da preservação ambiental e das lutas femininas na Rádio Nacional da Amazônia

Por Valdivino Sousa

Primeira equipe do programa Natureza Viva ( d. p/ e.) Reinaldo Brasiliense (repórter especial do programa), Mara Régia, Ida Pietrekovski e Carlos Moreira, 1983. Acervo Cláudio Paixão

Na segunda entrevista da série em comemoração aos 43 anos da Rádio Nacional da Amazônia, vamos conhecer a trajetória da radialista Mara Régia Di Perna. Ela ingressou na emissora em 1978 como produtora do programa Clube do Ouvinte e participou da primeira radionovela da Nacional da Amazônia, História do Dito Gaioleiro, produzida por Heleninha Bortone, a Tia Leninha.

Em 14 de setembro de 1981, Mara Régia muda de estação  e passa a apresentar o programa Viva Maria, na Rádio Nacional de Brasília, onde fez história na mobilização das mulheres pelas conquistas dos seus direitos, especialmente na Constituição de 1988. Tendo o seu programa interrompido, em 1990, no Governo do Fernando Collor de Melo, apenas 1992, dentro do espírito da Eco-92, Mara voltou a Rádio Nacional da Amazônia integrando a equipe do programa Natureza Viva.

Apesar de todo o alcance do seu trabalho na defesa do meio ambiente na luta pela cidadania feminina, em 2000, o programa Natureza Viva mudou de estação retomando para Rádio Nacional da Amazônia, apenas em 2003. Em 2004, o programa Viva Maria também voltou a ser transmitido, dessa vez já na forma de programete.

Conheça o relevante trabalho de Mara Régia para os povos da floresta – trabalhadores rurais, ribeirinhos, quebradeiras de coco, extrativistas, entre outros. Mara Régia faz história nas comemorações de 43 anos da Rádio Nacional da Amazônia.

Ouça na íntegra a entrevista

Com informações do blog Na Trilha do Rádio

Entrevista Realizada pelo Jornalista Cláudio Paixão